19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade
Anúncio

A VERDADE SEMPRE DEVE PREVALECER

HORA DA RETRATAÇÃO

20/12/2020 às 10h46 Atualizada em 14/01/2021 às 16h32
Por: Pedro Francisco Fonte: Pedro Francisco
Compartilhe:

Quando nos propomos a fazer as coisas de maneira correta, invariavelmente, corremos o risco e temos algumas surpresas desagradáveis, ainda mais quando fazemos de forma a informar o que ocorre em nosso cotidiano.

Sempre ouvimos dizer que alguém tentou ou quer prejudicar alguém, por esse ou aquele motivo e, até mesmo, por vezes, sem motivo algum.

Pois bem, a uns meses passados, mais exatamente no dia treze (13) de junho do corrente ano de dois mil e vinte (2020), nós e nosso site publicamos uma matéria que, de acordo com o nosso informante, com o título de FANTASMA, REALIDADE OU FANTASIA, onde a nossa FALSA FONTE, de maneira sorrateira, covarde e desleal, nos dava conta que uma médica, cirurgiã geral, mais especificamente a Drª. Ana Elisa Kadri Castilho, estaria sendo SERVIDORA FANTASMA, na Secretaria de Estado da Saúde do Estado de Rondônia, onde a profissional estaria lotada no Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, que não prestava os seus serviços conforme seu contrato de trabalho que, na verdade não condizia e nem condiz com a verdade.

Por motivos, posteriormente sabidos por esse Jornalista, tivemos a informação que a médica, Drª. Ana Elisa estava, dentro de todos os parâmetros legais, não constando nada que pudesse desabonar a sua conduta ilibada e, sendo a mesma cumpridora de seus deveres, atuando com esmero e lealdade a sua profissão. Percebe-se na pessoa informante da FALSA NOTÍCIA, um desvio de conduta, um caráter duvidoso e cheio de rancores, mágoa e, até mesmo de uma ponta de INVEJA da competente profissional cirurgiã.

Diante de todas as evidências de forma cristalina levantadas, vem, esse Jornalista Pedro Francisco, Registro Profissional 1.297-RO/BR, bem como o saite www.aovivorondonia.com.br, RETRATAREM-SE perante a Drª. ANA ELISA KADRI CASTILHO cirurgiã geral e leitores da matéria em tela, da notícia veiculada em data de treze (13) de junho de 2020, cujo conteúdo está sendo retirado de nosso espaço informativo e, de forma humilde, rogamos as nossas escusas a senhora Drª. Ana Elisa, bem como a todos os componentes de seu rol familiar e de amigos, onde afirmamos que, em conversa com a mesma, não constatamos nada que maculasse a sua conduta ilibada, onde não cabe reparos ou algo que não coadune com seu caráter pessoal e profissional.

 

     Pedro Francisco

Jornalista 1.297-RO/BR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias