19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade
Anúncio

TEMPOS SOMBRIOS E TEMERÁRIOS

MINHA OPINIÃO

26/02/2023 às 14h21 Atualizada em 26/02/2023 às 14h50
Por: Pedro Francisco Fonte: Pedro Francisco
Compartilhe:
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Vivemos em tempos sombrios e temerários, onde o que é certo se torna errado, o errado se torna verdade, a verdade vira mentira e esta se transforma em verdades sem a opção de discordância por quem quer que seja. Apenas os “semideuses” podem tudo e a população não pode nada. Tivemos a pouco uma “eleição”, onde a minoria deu uma “lavada” na maioria e a deixou de boca aberta, sem ação ou reação que, aliás, houve uma super-reação por parte da minoria, onde se promoveu o SEGUNDO CAPITÓLIO, à moda brasileira, devidamente patrocinada pelas grandes elites e ministros de diversos supremos, deixando os verdadeiros supremos (o povo) de mãos atadas, onde, pessoas sem condições de fazer mal a uma formiga, foram confinadas em campos de concentração, sem direito a sequer saber qual o CRIME havia cometido.

Na ocasião, os representantes do povo, eleitos para representá-los ainda, mesmo sem tomarem a devida posse, se colocaram a favor da verdade, no entanto, a mentira e os semideuses dos supremos, com uma caneta de tinta infindável, os mantiveram confinados em campos de concentração, onde somente depois de algum tempo, poucos juristas e algumas outras “otoridades conseguiram contato com os mesmos, mesmo esses confinamentos indo de encontro a tudo o que há na Constituição Federal do Brasil de 1.988 (precisamos de uma nova), prevalecendo, enfim as vontades da minoria e, a população brasileira arcando com os valores financeiros que foram ocasionados pelos invasores do “segundo Capitólio/Brasil”, em data de oito (08) de Janeiro de 2023.

Enfim, as coisas estão complicadas e estamos vivendo tempos sombrios e nebulosos, onde não podemos discordar de nada, sob pena de responder nas barras Justiça, por incitação ao crime ou, pela disseminação do ódio entre os irmãos de uma nação que clama por Justiça, Igualdade, Honestidade, Lealdade e Progresso. Onde esperamos que todos tenham o mesmo direito de vida igual, direito ao trabalho e recebimento justo por seu trabalho.

Agora, cabe ao povo brasileiro voltar às ruas, vestir a camisa verde e amarela novamente e ir à busca de novo líder, pois, o que havia sido eleito, com sonhos promissores futuros, ficou no passado e tenta voltar à nação para arrumar mais confusão e deixar o povo na mão novamente.

     Pedro Francisco

Jornalista 1.297-BR/BR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias