19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade
Anúncio

BOLSONARO, PSL E ALIANÇA PARA O BRASIL

E AGORA BRASIL?

16/11/2019 às 16h30
Por: Pedro Francisco Fonte: aovivorondonia.com
Compartilhe:
BOLSONARO, PSL E ALIANÇA PARA O BRASIL

Bolsonaro, PSL e Aliança para o Brasil

Não é de hoje que o país Brasil vem enfrentando dificuldades no “seio” político que sua população elege. Elegem e depois reclamam que tudo está dando “errado”, não é para menos, as coisas em nossa terra acontecem de acordo com as “necessidade$” de cada um, em especial os menos “favorecidos” pela sorte financeira.

Vivemos em uma nação “QUADRILIONÁRIA”, isso, no sentido de riquezas variadas e em políticos corruptos e ladrões. Nosso país é muito rico e autossustentável, disso, ninguém pode alegar ignorância, mesmo os menos “letrados”, aqueles que são levados ao sabor do vento em momentos políticos, leia-se “eleições”.

Pois bem, agora nós entramos em uma “sinuca” de bico sem tamanho. No atual momento político em que estamos atravessando nos últimos meses de comando do atual senhor Presidente, onde as “forças” não querem perder espaço, Jair Messias Bolsonaro, ainda afiliado à agremiação partidária que o elegeu, para comandar os destinos do país. Esse evento que está ocorrendo entre o presidente da república e o presidente da sigla a qual ele pertence, nada mais é do que coisa “corriqueira” onde os “titãs” tentam o domínio de seu semelhante, na política, as coisas não são de forma diferente da sociedade onde convivemos, evidente que haverá a “ruptura”, quando chega o momento em que duas forças não podem ocuparem o mesmo espaço. Rompemos a todo instante, em especial, com coisas que acreditávamos “irrompíveis”, até mesmo com os nossos entes mais queridos.

A formação de nova sigla partidária por meio dos adeptos do atual presidente da república, no momento em que todos nós somos contra o aumento do número de partidos, pois sabemos que a cada sigla partidária que surge, mais e mais dinheiro vamos ter de “dispender” para sustenta-los e aos seus “donos”, onde esses, ao criarem sua nova “sigla”, levam consigo elementos de todas as índoles, tanto eleitos como não. O que nós precisamos urgentemente em nosso pais é a “REFORMULAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS”, precisamos de uma nova “carta” que os direcione, onde, quem comanda, não pode ter a maioria de seus membros em um “DIRETÓRIO”, para dominá-lo, como se seu fosse. A sociedade sabe bem do que estamos falando, quem é afiliado a qualquer sigla, isso pessoas comuns, não estamos falando de políticos “profissionais”, que atualmente são os verdadeiros donos das atuais siglas. Os tais “NANICOS”, são meros produtos de negociação, tal qual aconteceu com até então desconhecido “PARTIDO SOCIAL LIBERAL – PSL 17”, antes de eleger o atual senhor presidente da república.

A criação de nova sigla partidária, independente de qual seja o seu nome, suas finalidades (já sabemos quais são), não irá alterar em nada o nosso sistema político, tampouco a maneira de como o Brasil continuará a ser conduzido. Os políticos mais “inteligentes”, sem sombra de dúvidas irão acompanhar o “Capitão Comandante”, ele tem o “di$curso” e a chave de toda a engrenagem que faz a “máquina” administrativa andar nos ou fora dos “trilhos”, da mesma forma, levando consigo a maior “massa humana” já vista na política brasileira. No atual momento, ninguém em sã consciência irá contra o “capitão”, mesmo aqueles que estão no “poder”, câmara ou senado, bem como “governadores”, pois sabem, como dissemos acima, ele tem o “poder” de transformação da sociedade nesse momento, só tem um “PROBLEMA”, cujo nome não citarei nesse espaço de hoje, nome que está fora da cela da Polícia Federal de Curitiba. Esse “problema”, não pode sumir ou ao menos fraturar uma de suas dezenove (19) “unhas”, pois isso colocará fogo no país, embora esteja preso ou solto, seu intento maior é jogar um brasileiro contra o outro, independentemente de qualquer coisa, para ele o “CAOS” tem de ser instalado, para que seus planos deem certos, todos já sabem para que.

Pedro Francisco

Jornalista 1.297-RO/BR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias