19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade
Anúncio

CUIDADO! SEU PÊNIS PODE QUEBRAR

MUITA ATENÇÃO NA HORA DO PAPAI E MAMÃE

16/12/2019 às 09h06 Atualizada em 16/12/2019 às 09h35
Por: Pedro Francisco Fonte: Pedro Francisco
Compartilhe:

CUIDADO!

SEU PÊNIS PODE QUEBRAR

 

 

Na hora do sexo, todos nós nos empolgamos e corremos o risco de sofrer uma grave fratura peniana. O brasileiro em geral é muito criativo e sempre está a explorar as mais complicadas posições sexuais, mas, sem qualquer sombra dúvida alguma a mais popular é a posição de “Missionário”, aquela em que a mulher fica em baixo do homem.

Um recente estudo sobre as posições sexuais e prováveis lesões que podem ser causadas no relacionamento sexual, homem – mulher, acidentes podem ser causados pelas posições revelou que, na verdade, a posição mais tradicional de todas está entre as mais perigosas para os Homens.

Nas relações heterossexuais, a posição de missionário, em que o homem fica por cima da mulher, é a segunda que mais pode provocar fraturas penianas. Em termos percentuais, fica assim: homem por trás da mulher, pode chegar a quase cinquenta (50%) por cento, na posição do “Missionário” (famoso papai e mamãe) enquanto, que a mulher por cima, fica em torno de dez (10%) por cento.

Esse estudo foi baseado em cerca de cem (100) pacientes heterossexuais que tiveram esse tipo de acidente sexual durante a execução do mesmo e disseram sobre como o acidente ocorreu. “Podemos especular que, quando o homem está na posição dominante e extremamente 'animado', a relação sexual pode tornar-se extremamente vigorosa, provocando maior impacto no momento do trauma, quando o pênis desliza para fora da vagina e atinge o períneo”, explicaram os autores do elevado estudo, que em muito colabora com os homens na prevenção dos acidentes, digamos, meio inusitados.

Entre as outras formas comuns de acidentes que contribuem para a incidência de fraturas penianas estão a masturbação, com cerca de vinte (20%) e o rolamento, que é a mudança de posição, quando a pessoa que está em cima fica por baixo da relação – nesse tipo, são cerca de cinco (5%) dos casos.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias