19°C 36°C
Porto Velho, RO
Publicidade
Anúncio

PORTO VELHO/RONDÔNIA, A CIDADE DE TODOS OS PITACOS

CANDIDATOS, CANDIDATOS, CANDIDATOS....

17/01/2020 às 08h48
Por: Pedro Francisco Fonte: Pedro Francisco
Compartilhe:
Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Verdadeiramente não tem como deixar passar “batido” mais esses eventos que estão ocorrendo na cidade de Porto Velho/Rondônia. Já quase a uma semana sem o transporte coletivo urbano, que, por falta de pagamento da empresa SIM – SISTEMA INTEGRADO MUNICIPAL para com os seus funcionários, que não conseguem receber os seus haveres desde o final do ano passado. Essa “questiúncula”, já vem se arrastando a vários anos na capital, não é de hoje que a grita da população é geral e, parece que ninguém tem interesse de resolver esse problema crucial e de suma importância para a sociedade porto-velhense. Uma vergonha!

 

No entanto, todos os que aqui residem ou estão mais próximos de nossos problemas, são conhecedores das origens de onde eles vem e como foram se avolumando. São décadas e mais décadas de abandono do sistema de transporte coletivo. Não bastando o abandono, o último prefeito e atual deputado federal Dr. Mauro NazifPSB 40, por pura “birra” ou outros interesses desconhecidos da população ou dos meios de comunicação que, por puro próprio prazer, rompeu o contrato de concessão com as duas empresas que atuavam na cidade, a Viação Rio Madeira e a Três Marias, ambas, já prestavam serviços de “meia boca” para a população, porém, era um serviço bem melhor do que a tal consórcio SIM – Sistema Integrado Municipal, faz ou fazia até a presente data.

 

Como ocorre em anos eleitorais, em especial, os cargos para Prefeito, Vice Prefeito e Vereadores, surgem aos montes os “DEFENSORES” da população atingida pela greve, diga-se, “uma greve mais do que justa”, promovida pelos pais de famílias, trabalhadores no consórcio, que carecem do recebimento de seus salários para a manutenção do bem-estar de suas famílias e de seus compromissos. Os tais “pré candidatos”, em especial ao cargo de vereador, dos mais ilustres aos mais desconhecidos, aqueles que somente aparecem em época de pedir votos, para literalmente “MASSACRAR” a atual administração. Evidente, que a atual administração municipal não tem culpa pela falta de pagamento de salários da empresa consórcio SIM – Sistema Integrado Municipal, junto aos seus colaboradores, porém, os interessados em jogar “fumaça”, talvez em seu passado meio “tenebroso”, tenta a todo custo, nas redes sociais fazer a população crer que todos os mal feitos que acontecem vem da administração que hoje administra a capital, explorando, inclusive, a divulgação em rede nacional por uma empresa televisiva que, de “honesta”, ao que consta, não tem nada.

 

Por outro lado, a atual administração municipal precisa urgentemente fazer “andar” a licitação onde estão sendo “CONCLAMADAS” empresas capazes de prestar o serviço de transporte coletivo na cidade de Porto Velho/Rondônia, de vez que, a sua população também não pode ficar ao “deus-dará”, utilizando somente os meios de transportes alternativos, táxis, mototáxis, táxis compartilhados e serviços prestados por meio de aplicativos.

 

Quanto aos pré candidatos, estes precisam entender, que a nossa população não é mais aquela população que acreditava nas falas “bonitas” e suas “estórias” e testemunhosmirabolantes” de pessoas aproveitadoras da desgraça alheia. Devem, os interessados em ocuparem uma cadeira na casa de leis mirim da cidade, apresentarem trabalho mais “profícuo” junto a população e, não aparecerem somente quando o “fogo” está consumindo as esperanças da população, que deseja uma cidade melhor para todos.

 

Os trabalhadores devem lutar sim por receber o suor de seus trabalhos, trabalharam, nada mais justo que a Justiça do Trabalho fazer com sejam cumpridas todas as cláusulas contratuais assumidas pelo consórcio junto aos seus colaboradores.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias